NOTA DO SINTEP EM APOIO À EDUCAÇÃO PRIVADA E SEUS POSTOS DE TRABALHO

O Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino Privado de Alagoas – Sintep tem por sua natureza o lado do trabalhador e defende até o esgotamento de todas as possibilidades, a garantia do emprego, compreendendo a importância de sua categoria para a manutenção da educação.

O novo Código Tributário de Maceió estabelece que o imposto sobre os serviços de educação deve ser pago independente do recebimento pelos serviços prestados e a Secretaria Municipal de Economia – SEMEC emitiu uma notificação para que as escolas efetuem o pagamento do imposto de modo retroativo referente ao período de 2014 a 2017, o que vai dificultar a sobrevida de muitas instituições, sobretudo quando o acumulado chega à casa dos milhões.

O Sintep manifesta sua preocupação diante da realidade que ameaça o fechamento de algumas instituições de ensino, o que além de contribuir para o déficit educacional em Alagoas ainda colabora com o desemprego a partir do encerramento de milhares de postos de trabalho. Ao tempo, o Sindicato se posiciona para o diálogo e pede tolerância para o cumprimento do prazo, bem como para a possibilidade de um parcelamento de modo que não danifique a saúde financeira da instituição que contribui para a formação cidadã.

Desse modo, o Sintep se soma ao Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de Alagoas – Sinepe, ao Sindicato dos Professores de Alagoas – Sinpro e a todos os trabalhadores indiretos da educação privada, para que juntos possam dialogar com os órgãos competentes a fim de evitar significativa perda na educação na capital alagoana.

A Diretoria do Sintep-AL

Diga-nos O que você pensa
0Like0Love0Haha0Wow0Sad0Angry

0 Comentário

Deixe um comentário