Em solenidade virtual, Sintep realiza posse da nova diretoria

Na última quarta-feira (12), a nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Privado de Alagoas tomou posse em solenidade realizada virtualmente e, apesar dessa formatação, o evento reuniu não apenas os membros da nova diretoria, mas também outros trabalhadores da categoria e convidados, como Sinval Costa, presidente da CTB Alagoas.

Em sua saudação, Sinval Costa destacou o momento difícil vivido não apenas pelos sindicatos, mas sobretudo, pelos trabalhadores brasileiros e lamentou a falta de uma política nacional de vacinação para a população: “é lamentável que hoje nosso país tenha ultrapassado mais de 400 mil mortes. É muito preocupante o que nos mostra a realidade dessa pandemia que, por escolha do governo, ceifa a vida do nosso povo. Nossos amigos e nossas famílias estão morrendo e hoje todos nós que aqui estamos somos sobreviventes. Temos que ser solidários com a nossa gente e pensar coletivamente”.

Ainda nesse contexto, o presidente da CTB-AL desejou êxitos a nova direção do Sintep-AL: “desejo êxito para enfrentar essas dificuldades e muita paciência para construir momentos de muito diálogo com a categoria e com outras entidades e instituições. Defender os trabalhadores é o principal papel das entidades sindicais e precisamos fortalecê-la”.

Robson Câmara, atual presidente da Fitraene e recém-empossado secretário de Finanças, também destacou sua preocupação com o atual momento vivido no Brasil e no mundo: “estamos atravessando um momento muito difícil, marcado pela presença da pandemia do coronavírus e por uma pandemia política, econômica e social, que traz graves danos à classe trabalhadora, com constantes ataques violentos contra as entidades sindicais e isso nos enfraquece e prejudica nossa luta”.

Apesar de sua indignação frente ao cenário de tentativas sistemáticas de desmonte da luta sindical, Câmara, que já foi presidente do Sintep, proferiu uma mensagem de esperança: “Não podemos perder a esperança de dias melhores. Lutar é preciso e é importante estarmos unidos elevando nosso espírito de combatividade para encontrarmos um novo trilho para esse trem desgovernado que é nosso país hoje. Dias melhores virão. O trabalho sindical é coletivo e exige o empenho de toda a diretoria. Tenho plena certeza de que vamos fazer um ótimo trabalho em prol da nossa categoria”.

Claudevan de Oliveira Sobral, eleito e empossado vice-presidente, demonstrou seu desejo de somar ações na nova gestão do sindicato: “é uma honra fazer parte dessa gestão, espero que possamos contribuir com o crescimento e o fortalecimento do Sintep junto à categoria. É preciso construir uma ampla campanha de sindicalização para fortalecer cada vez mais a luta por direitos trabalhistas”.

Por fim, Dilson Tenório, reeleito e empossado presidente do Sintep, agradeceu a confiança dos trabalhadores e lamentou as mudanças na legislação: “querem a todo custo o fim do movimento sindical, uma das mudanças afetou diretamente a vida financeira dos sindicatos, quando desobrigou o recolhimento do imposto sindical, pois deixou de ser compulsório e impactou em nossa arrecadação, a reforma trabalhista que tornou muito mais difícil a vida de todos os trabalhadores com retirada de direitos, estas mudanças tem complicado a atuação sindical, mas o SINTEP não tem deixado de fazer seu papel em busca da defesa e dos direitos e a busca de novas conquistas para os trabalhadores, sempre firmes enfrentando aqueles que querem desarticular do movimento sindical”.

Dilson encerrou sua fala renovando seu espírito de atuação frente ao Sintep: “quero renovar meu compromisso na continuidade por mais quatro anos à frente do SINTEP, na certeza de que poderei contar com o apoio dos diretores, tanto aqueles que renovaram como também com os novos diretores que estão compondo a nova diretoria. Tenho certeza que unidos e imbuídos com o mesmo propósito de fazer o melhor para os trabalhadores do Ensino Privado do nosso estado, todos seremos vencedores.”    

A Eleição

Em abril do corrente ano, o Sintep elegeu sua nova diretoria num processo que, apesar da pandemia, foi marcado pela grande participação da categoria e não só atingiu o quórum, como superou as expectativas, tendo sido um processo vitorioso com aprovação de 98,5% dos votantes.

Foram eleitos e empossados os seguintes trabalhadores:

PRESIDENTE – Dílson Tenório Cavalcante

VICE-PRESIDENTE – Claudevan de Oliveira Sobral

SECRETÁRIO-GERAL – Verônica Maria Lino

SECRETÁRIO DE FINANÇAS – Robson Rodrigues Câmara

SECRETÁRIO ADMINISTRATIVO E ASSUNTOS JURÍDICOS – Cleonilton Pereira Martins

SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO E IMPRENSA, POLÍTICAS EDUCACIONAIS E FORMAÇÃO SINDICAL – Maria Madalena da Silva

SECRETÁRIO DE CULTURA, ESPORTE, LAZER, SAÚDE, SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO – Washington Santos Guedes

SUPLENTES: Dayse Cristina Silva Porciúncula, Maria de Fátima dos S. Silva, Digerson Rodrigues da S. Junior, Márcio Rogério Souza Lobo, Marcone Conceição dos Santos, Leila Maria dos Santos.

REPRESENTANTES JUNTO A FEDERAÇÃO:

DELEGADOS: Dílson Tenório Cavalcante e Francette Moura da Silva

SUPLENTES: Ana Cristina de Moraes e Wilson Dias da Silva

CONSELHO FISCAL

1° – Pedro Claudino da Silva Filho

2° – Marcos Aurélio da Silva

3° – Rejane Santos de Menezes

CONSELHO FISCAL – SUPLENTES

1° – Manoel Messias de Medeiros

2° – Anacleto Cassiano dos Santos

3° – Sérgio Mendes Temóteo

Diga-nos O que você pensa
0Like0Love0Haha0Wow0Sad0Angry

0 Comentário

Deixe um comentário