Dilson Tenório: “É momento de parar e ficar em casa”

O presidente do Sintep-AL, Dilson Tenório assegurou que o posicionamento do sindicato é seguir rigorosamente as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) a fim de conter o avanço do COVID-19, desse modo, encaminha ao sindicato patronal a proposta que orienta suspender as atividades imediatamente.

“É momento de parar e ficar em casa”, afirma o sindicalista. De acordo com ele, até o dia 31 de março há meios legais para garantir a suspensão sem onerar financeiramente o trabalhador. “Por enquanto, devemos esgotar todas as ferramentas legais, depois discute-se os encaminhamentos de acordo com a necessidade, em caso de ampliar a suspensão de atividades, mas o mais importante nesse momento é garantir o direito de ficar em casa”.

O sindicalista ainda lembrou da gravidade da situação: “trata-se de radicalizar. É uma situação emergencial, daqui a 30 dias não sabemos como vai ser, portanto, devemos esgotar todas as nossas possibilidades agora”.

O dirigente lamenta que, apesar da situação de calamidade mundial, alguns estabelecimentos de ensino estejam preocupados com suas particularidades: “as escolas querem ajustar cada uma seguindo a sua necessidade, mas tudo deve ser uma decisão coletiva que preze pela saúde do mundo todo. Se empresas bilionárias e multinacionais estão fechando e se resguardando, as escolas também devem assegurar o direito à vida e cumprir com seu papel humanitário”.

Assim sendo, o Sintep lançou uma NOTA em que encaminha a suspensão imediata das atividades, liberando todos os funcionários a partir da segunda-feira 23 de março até o dia 02 de abril e que ao não cumprimento dessa suspensão, serão encaminhados meios judiciais cabíveis.

Diga-nos O que você pensa
0Like0Love0Haha0Wow0Sad0Angry

0 Comentário

Deixe um comentário