COVID-19: Sintep reforça diálogo com sindicatos patronais, segue orientação da SESAU e luta pela proteção dos direitos da categoria

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde e do Governo Estadual, uma Assembleia realizada na última segunda-feira (16) entre a Secretaria de Saúde do Estado e entidades e sindicatos educacionais, os representantes das escolas particulares de Maceió decidiram paralisar suas atividades a partir de quarta-feira (18) e retornar no dia 02 de abril a fim de conter o avanço do coronavírus na capital.

O Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento Privado de Ensino (Sintep-AL), apoia a decisão da assembleia e informa aos trabalhadores da educação privada que a agenda de conversa com o sindicato patronal do básico e do superior está mantida a fim de assegurar proteção aos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras da categoria.

Presidente do Sintep-AL, Dilson Tenório reafirma o compromisso do sindicato junto à categoria e garante o acompanhamento de toda a situação. O dirigente explica que já foi solicitado o afastamento dos trabalhadores em situação de risco, como aqueles que possuem mais de 50 anos ou apresentam problemas respiratórios: “ao menos garantimos proteção aos nossos trabalhadores mais vulneráveis, nos resta conter com unidade essa pandemia”.    

Frente à pandemia do coronavírus, o Sintep afirma corroborar com as propostas da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) de garantir:

1)Emprego para todos os trabalhadores e trabalhadoras que tenham que ser mantidos em isolamento ou quarentena;

2) Que o eventual isolamento ou quarentena de trabalhadores e trabalhadoras, determinado por autoridade de saúde, deve ser equiparado à doença contagiosa com internamento hospitalar, sendo assegurados todos os direitos;

3) Que todas as empresas criem Comitês de Prevenção;

5)Que sejam assegurados água, sabonete, toalha descartável e álcool gel a todos os trabalhadores e trabalhadoras nas dependências da empresa.

Desse modo, Dilson darante o constante diálogo com os sindicatos patronais, bem como com a Secretaria de Saúde de Alagoas e o que Sintep está recebendo orientações e acompanhando todas as ações para enfrentar o COVID-19.

Diga-nos O que você pensa
0Like0Love0Haha0Wow0Sad0Angry

0 Comentário

Deixe um comentário